Os CDs gospel mais vendidos de 2016


- Um dos últimos lançamentos que tivemos na música gospel esse ano, Damares conseguiu bater recorde de vendas com seu novo disco "Obra Prima" ainda com o material na fábrica. 

Garantindo um Disco de Ouro em poucas semanas, a primeira remessa de 50 mil exemplares foi vendida com rapidez, fazendo a intérprete ser a dona do segundo disco mais vendido do ano por um artista da gravadora Sony Music no Brasil, e primeiro dentre os lançamentos evangélicos. 

O material apresenta faixas elogiadas pelo público como "Ressuscita", primeira música de trabalho, "Nas Mãos de Deus" e "Sou o Que Sou", sendo produzido por Rogério Vieira e Melk Carvalhedo. 

- Já não é novidade para o cantor Fernandinho ver um disco seu entre as obras mais vendidas do ano, e nessa lista em questão se destaca em por um álbum seu lançado no ano passado.

"Galileu" comercializou esse ano mais de 49 mil exemplares fazendo com que sua somatório total lhe garantisse um Disco de Platina, algo bastante raro nos dias de hoje até para o cantor mais consagrado do meio. 

A faixa título do material também detém o recorde de faixa mais executada nas rádios evangélicas do país, o que somou bastante para as vendas expressivas do disco. 

- O lançamento mais esperado do ano, levando em conta que seu último trabalho foi um dos mais vendidos no país, revelando várias canções de sucesso a nível nacional, Anderson Freire não conseguiu vender nem um terço do que seu anterior comercializou com "Deus Não Te Rejeita" mas, deixando bem claro que foi um efeito da crise, conseguiu ser o terceiro material mais vendido do ano. 

Sua tiragem inicial de 40 mil exemplares ainda se encontra nas prateleiras do país, mas deve partir para uma segunda em breve. 

O álbum conta com as músicas de trabalho "Deus Não Te Rejeita" e "Relacionamento Com Deus", sendo ganhador do Grammy Latino de Melhor Álbum Cristão Em Língua Portuguesa. 


- Eliane Fernandes viu seu ministério expandir nos últimos anos com o sucesso da música "Presença", e as apostas foram altas para o disco sucessor da intérprete.

"A Cruz" saiu da fábrica com uma remessa de 30 mil exemplares, a maior da carreira da cantora, e alguns meses depois uma nova de 5 mil começou a ser enviada para as lojas do país, revelando o sucesso do material. 

O álbum tem distribuição da gravadora Louvor Eterno, sendo produzido por Melk Carvalhedo e repercutido com músicas como "O Noivo Vem", "Quero Almas" e "Vou Abraçar Jesus". 

- Depois da explosão da faixa título de seu álbum anterior, Elaine Martins viu seu disco entre os mais esperados do ano para o grande público da música pentecostal.

"Rompendo" veio com muitos elogios de seus admiradores e da crítica, refletindo a aceitação em suas vendas que se aproxima das 20 mil unidades vendidas. 

O material foi produzido por Ronny Barboza e o grande sucesso "Volte a Sonhar", que ganhou recentemente um clipe bastante elogiado pela galera. 

- Uma das maiores vendedoras de discos da música gospel nacional, Shirley Carvalhaes ainda consegue se sobressair mesmo em meio ao momento delicado em questão de venda em que o gênero enfrenta. 

Seu último material inédito "Meu Coração é Teu Altar" já acumulou 16 mil exemplares vendidos por todo o país, e fecha a lista dos cinco álbuns mais vendidos do ano. 

Produzido pelo maestro Ronny Barboza, as dez faixas do material trazem seu inconfundível estilo pentecostal, onde se destacam as músicas "Como na Primeira Vez", "Não Vou Desistir" e "Maior Em Excelência". 


- Possuindo boas vendagens com a maioria de seus discos, a cantora Nívea Soares apresentou ao seu público esse ano o álbum inédito "Reino de Justiça", que não poderia ficar de fora desta lista. 

O material já vendeu mais de 15 mil cópias em todo o país, e figura entre os mais vendidos de sites e livrarias. 

Esperado com ansiedade, o disco foi gravado ao vivo na igreja Bola de Neve, em Campinas, e revelou sucessos como "O Senhor é Bom", "Sua Justiça Prevalecerá" e "Que Se Abram os Céus". 

- Deixando bem claro o sucesso de seu material anterior, Anderson Freire figura pela segunda vez na lista com o álbum "Raridade", lançado há cerca de três anos atrás. 

O disco já recebeu certificação de Diamante, mas ainda continua firme e forte entre os mais vendidos em várias lojas, comercializando esse ano mais de 14 mil unidades da obra.

O álbum de sucesso contém músicas conhecidas do público como "A Igreja Vem", "Um Novo Endereço", "Efésios 6" e várias outras. 

- Uma das pioneiras da música pentecostal, Rose Nascimento apresentou ao seu público há menos de um mês seu novo disco inédito "Questão de Honra", e já colhe bons frutos com o material. 

Esgotando sua tiragem inicial de 12 mil cópias em poucos dias, a cantora é uma das cotadas para quebrar a barreira de certificações que a crise impôs e receber em breve um Disco de Ouro, caso a venda do disco continue alta. 

O álbum traz músicas elogiadas pelo público da intérprete como "Ele Não Desistiu", "Minha Casa", "Eterna Glória" e a regravação do clássico "O Escudo".


- O Diante do Trono termina o ano com o lançamento do álbum "Imersão" e, para a surpresa de todo os seus admiradores, a primeira remessa de 10 mil exemplares é totalmente vendida em pouquíssimo tempo. 

Imersão é o primeiro disco exclusivo em espontâneos gravado pelo Diante do Trono. A obra foi gravada nos Estados Unidos, sob produção musical do tecladista Vinícius Bruno. Um dos destaques do álbum é a participação do cantor e guitarrista Fred Arrais. 

- A cantora Eyshila apresentou esse ano seu novo disco "O Milagre Sou", que traz canções bem profundas, já que foram escritas em sua grande maioria após o momento trágico que a cantora vivenciou ao perder seu filho de apenas 17 anos.

Querida pelo público, o disco foi bastante aguardado e estimasse que tenha vendido mais da metade da primeira remessa que foi enviada para fábrica.

Com treze canções, o trabalho foi produzido por Sérgio Assunção e Emerson Pinheiro. As músicas são assinadas por Eyshila, seu filho Lucas Santos, Marcos Brunet, Delino Marçal, Alda Célia, Emerson Pinheiro e outros.

- Providência é o novo trabalho de Eliã Oliveira. Com trinta e cinco anos de carreira, a cantora lançou a obra no décimo quinto Congresso de Mulheres no Templo Central da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco (IEADPE). A obra foi distribuída nas plataformas digitais, através da Bereia Music. 

Saindo com uma tiragem inicial de 20 mil unidades, estimasse que a obra já tenha vendido metade dos peças enviadas da fábrica para as livrarias, levando em conta seu grande público e a quantidade de membros de sua igreja, onde muitos adquirem seus trabalhos. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DN1 A Banda que está conquistando o Brasil

Bomba: Vaza vídeo íntimo de cantor gospel se exibindo da webcam

J.Neto grava “Eu sou esse cara”, versão gospel da música de Roberto Carlos. Ouça