CONFIRA! Sérgio Saas se pronuncia sobre vídeo íntimo



Após muitos sites fazerem a festa com o vídeo do cantor Sérgio Saas, é o momento do cantor por a boca no trombone e responder aos milhares de julgamentos e críticas, em um momento delicado da vida do cantor. Confira abaixo seu pronunciamento:


RETOMANDO
De 2004 a 2005 me dediquei à divulgação do meu CD solo e me afastei das atividades do RC, em 2005 no dia 10 de agosto me reuni com os componentes na época com a proposta de remontar a primeira formação, saindo dali, fui comer algo, era uma noite chuvosa, e meu carro foi atingido por
um veículo que avançou o sinal vermelho na Av. Faria Lima em São Paulo, perdi o controle e fui lançado contra o canteiro de obras do metro Pinheiros.
Com o veículo todo destruído, as portas laterais não abriam e a chuva aumentava. Estava em estado de choque queria sair dali, tentei sentir se alguma parte do meu corpo estava ferida, e já que tinha condição de me movimentar consegui sair do carro pela porta traseira, tive então a real noção que estava dentro de um poço com mais de 15 metros de profundidade, e não havia o que fazer. Subi no teto do carro, agradeci a Deus por estar vivo, e aguardei o resgate.
Quando chegou nada puderam fazer, pois a escada que possuíam não me alcançava e tive que esperar a chegada dos bombeiros. Foram 2 horas de reflexão e espera...
Mesmo com esse e outros levantes, retomamos as atividades e prosseguimos.

NINGUÉM SABIA 
Após a morte da minha vó, fui morar sozinho e me isolei de todos, quando a saudade ou algo me deixava triste me sentava ao piano e descarregava ali meu coração, quando sentia um grande vazio os canalizava para novas composições.
Mas fui me esfriando na fé, e minha atividade espiritual passou a ser resumida apenas ao âmbito profissional.
Estava vazio e quando a tristeza vinha, apenas sentar-se ao piano não era mais suficiente... Passei a buscar preencher o vazio frequentando baladas, bares e festas.
Não de forma virtual me envolvi com muitas mulheres, e até tive um filho com uma pessoa que conheci nessa época o que pra maioria das pessoas é desconhecido.
Nesse período eu estive muito suscetível às fraquezas humanas em vários aspectos e ao invés de procurar alento em Deus, procurei outras formas para preencher o vazio.
Menosprezei muitos conselhos e por vezes frustrei os que de mim esperavam outra postura como líder, o pessoal do Coral, que não sabiam ao certo o que eu fazia mas notavam algo estranho em minhas atitudes.
Tinha consciência de que estava errado, entretanto continuei cumprindo agendas e compromissos, sentindo muitas vezes que Deus pela sua misericórdia me usava, isso me deixava confuso, pois não me sentia digno.
Cheguei até decidir que não mais continuaria com o grupo, resolvi abandonar tudo e partir para outra atividade e até comentei isso com algumas pessoas próximas, pois me sentia um hipócrita tratando a obra de Deus de maneira relapsa.

MUDANÇA 
Um dia em uma famosa balada em frente à praia da Enseada no Guarujá, uma estranha força me paralisou por alguns instantes, parecia que tudo estava em câmera lenta, eu parei, olhei em volta e ouvi o Espirito Santo de Deus me fazer duas perguntas?
“Quem entre todas essas centenas de pessoas tem o seu chamado? Quem entre todas essas pessoas tem o Dom que Eu te dei?” eu ainda pensava nas duas perguntas, quando Ele me surpreendeu com uma terceira, “Qual é o seu propósito aqui?”
Na mesma hora, como um soldado que desperta atrasado para cumprir o seu turno, me despedi daqueles que estavam comigo, tirei a minha pulseira de VIP, pedi meu carro no vallet, e fui embora decidido a não mais coxear entre dois pensamentos.
Foi muito difícil retomar o caminho de volta, mas Deus segurando a minha mão me manteve firme.

SURPREENDIDO
Conscientizado do meu chamado, e perdão. Busquei forças em Deus para voltar a ministrar a palavra nos eventos, mas havia um plano que eu não fazia ideia para tentar me parar denovo.
Estávamos vivendo uma fase de conquistas e avanços, ganhamos o programa QST do SBT, gravamos e lançamos o DVD e o CD ao vivo, preparávamos um novo show, quando coincidentemente 6 anos depois, no mesmo dia 10 de agosto, fui avisado que haviam publicado um vídeo com conteúdo obsceno, captado em um momento íntimo com uma pessoa que eu me relacionava a dois anos atrás, nessa fase em que passei pela depressão espiritual. Eu senti a mesma sensação do acidente, de quando estive no poço, só que dessa vez o poço me parecia mais profundo. Meus advogados tentaram de todas as formas limitar essa ação virtual mas a gratuita e maldosa intenção de alguns, compulsivamente divulgava o vídeo. O que me entristece mais é que cegamente as pessoas ainda me perguntam quem estava do outro lado da câmera sendo que do outro lado estão elas mesmas.

ACUSAÇÃO 
Por muitas vezes senti nos comentários de acusação de algumas pessoas o reflexo e a voracidade do inimigo de nossas almas.
Fato é que muitos se colocam como juízes, sendo essa posição delicada e difícil para homens, pois infelizmente também erramos, e quando não é para avaliarmos a nossa atitude, somos muito faltos em usar do maior dom de Deus, Seu amor, expresso na graça e misericórdia para com o próximo.
Escrevo e me pronuncio para o corpo de Cristo do qual faço parte, pedindo perdão, sendo este um bálsamo poderoso que fecha feridas ao perdoarmos.
E como corpo de Cristo que somos espero em Deus que esse bálsamo seja levado a todas as partes, como o sangue leva o remédio para todo o corpo, para que essa chaga seja fechada, não por que a minha imagem que foi manchada, mas para que da mesma maneira que o mal foi dissipado, e fez seu estrago, esse humilde pedido de perdão mostre quão grande é o Poder de Deus e leve a cura, e assim será maior a obra de Deus do que a obra do Inimigo.

RETRATAÇÃO 
Hoje após ininterruptas reflexões, agradeço a Deus por este fato ter acontecido, recebi o Seu abraço através dos companheiros do Raiz Coral, do escritório da Saas Music, da gravadora MESS Entretenimento e de irmãos e amigos que não me abandonaram neste momento delicado.
Tenho consciência que mesmo fazendo o caminho de volta deixei trunfos e argumentos de acusação na mão do adversário.
Hoje não estou arrependido pela consequência, eu me arrependi a muito tempo quando abandonei a vida dubia e hoje mais uma vez tenho consciência do perdão de Deus.
Não sei o que será daqui pra frente mas creio que o meu resgate com a escada da Graça em breve chegará.
A decisão tomada aquele dia no Guarujá, é mantida em minha vida, pois como cantamos, mesmo que a figueira não floreça, e a vide não dê mais seu fruto, eu confio em Deus, dEle recebi bênçãos, dEle também receberei a repreensão contrito de coração.
Meu sincero desejo e oração é que Deus restaure o que foi maculado por essas atitudes erradas que cometi e que levaram tantas pessoas a tristeza e escândalo.

Atenciosamente.
Sergio Saas

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DN1 A Banda que está conquistando o Brasil

J.Neto grava “Eu sou esse cara”, versão gospel da música de Roberto Carlos. Ouça

Bomba: Vaza vídeo íntimo de cantor gospel se exibindo da webcam