Blog do Bispo Edir Macedo descreve o “pum do diabo” para falar sobre ter dúvidas: “Ter dúvidas é como o pum do diabo, não inale!”

Blog do Bispo Edir Macedo descreve o “pum do diabo” para falar sobre ter dúvidas: “Ter dúvidas é como o pum do diabo, não inale!”
Um inusitado artigo escrito pelo bispo Renato Cardoso, genro de Edir Macedo trata a dúvida como uma flatulência demoníaca. No artigo, que foi publicado do blog do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, o bispo Cardoso faz uma analogia entre a dúvida e o “’pum’ do diabo”.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A comparação começa com uma pergunta incomum: “Qual foi o pum mais fedorento, mais podre que você já cheirou? Só de lembrar, você já sente as narinas queimando e faz uma careta (Espero que não tenha sido um dos seus mesmo, debaixo das cobertas…)? Agora, multiplique aquele cheiro por um milhão, e o que você tem? Você tem o pum do diabo”.
Renato Cardoso segue com seu raciocínio após sugerir que o leitor de seu texto imagine o “pum do diabo” e pergunta o que poderia ser feito se caso uma pessoa inalasse o odor proveniente do referido gás: “E se você estivesse num quarto com o diabo e ele soltasse um pum (o porquê você estaria num quarto com o diabo, eu não sei), o que você faria? Você correria para fora daquele quarto, claro. Você faria qualquer coisa — qualquer coisa — para não inalar aquele cheiro”.
Concluindo a comparação, o bispo Renato Cardoso, apresentador do “The Love School”, faz uma sugestão a fim de evitar que os fiéis optem pela escolha errada quando tiverem dúvidas: “Aqui vai o que eu gostaria que você fizesse de agora em diante: você vai tratar a dúvida como se fosse o pum do diabo. Todas as vezes que uma dúvida vier a sua mente, você vai reagir como se estivesse num quarto com o diabo e ele tivesse acabado de soltar um pum. Você vai fugir de lá — daquela dúvida — o mais rápido possível. A dúvida é uma das principais razões dos fracassos das pessoas. É o que faz feder os seus planos e dá às suas decisões (se é que consegue tomá-las) um cheiro horrível. Não se esqueça disso: dúvida = pum do diabo”.
Ignorando os termos e a comparação feita, Cardoso encerra seu artigo se referindo ao “pum”: “vou lhe dizer uma coisa: não é nada engraçado”.
Fonte: Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DN1 A Banda que está conquistando o Brasil

Bomba: Vaza vídeo íntimo de cantor gospel se exibindo da webcam

J.Neto grava “Eu sou esse cara”, versão gospel da música de Roberto Carlos. Ouça