“Não vivo o que prego, eu prego o que vivo” – André Valadão

Com experiência na estrada da música e compromisso em ministrar a Salvação em Jesus em canções, André Valadão concorre em quatro categorias do Troféu
Ele canta desde os sete anos e durante toda sua vida sempre esteve envolvido com música e arte. É a quarta geração de evangélicos da família Valadão, e, como ele mesmo diz, crê no poder da música para a evangelização e o bem das pessoas. E é por esse motivo que tem dedicado todos os seus dias a levar as boas novas de Jesus Cristo por meio da arte. Estamos falando de ninguém mais e ninguém menos do que André Valadão.
Começou sua carreira nacional como solista do Ministério de Louvor e Adoração Diante do Trono e gravou seu primeiro CD solo intitulado “Mais que Abundante”, em 2004. Álbum este que abriu portas para o seu Ministério por todo Brasil. De lá para cá tem escrito uma história mais que abundante de dedicação à expansão do evangelho por meio da música. Suas canções têm chegado a diversas partes do país e do mundo, tanto em CDs/DVDs, como também em suas turnês. André Valadão vive literalmente com o pé na estrada, com média de 15 shows por mês e alcance anual de mais de dois milhões de pessoas em público.
Há 11 anos ele é pastor voluntário da Igreja Batista da Lagoinha e mantêm como essência da sua carreira de cantor seguir Jesus e revelá-Lo ao mundo. “Minha maior motivação é a salvação das pessoas, sou viciado em ver pessoas salvas e restauradas”, afirma André. Em 2011, além da turnê, ele se prepara para seu novo projeto, ainda sem data de lançamento, pela Graça Music, gravadora parceira de seu Ministério há dois anos e meio. Outra novidade deste ano foi o lançamento de uma série de mensagens devocionais em vídeos que têm conquistado o gosto das pessoas devido à forma moderna e diferente de ministrar a Palavra de Deus. Assim, com uma agenda intensa, André Valadão tem revelado a excelência com que procura desenvolver as mais diversas atividades do seu dia a dia em prol do Reino.
Apesar de na sua relação de conquistas constarem grandiosas vitórias, não se pode dizer que também não precise renunciar a nada: “A começar pela família, amigos e, claro, as noites de sono, mas vale à pena”, explica André. O que ele enfatiza a respeito dessa submissão que é escolher viver no centro da vontade de Deus, é que é preciso ter sensibilidade e pessoas mais competentes do que você lhe ajudando a cumprir o chamado.
E é cumprindo seu chamado e cada uma das realizações que ele envolve, que André Valadão já foi indicado duas vezes ao Grammy Latino e é também um dos maiores ganhadores de prêmios individuais masculinos da música gospel no Brasil. Dando continuidade à sua trajetória de sucesso, na primeira edição do Troféu Promessas – uma realização da Geo Eventos com o apoio da Rede Globo – ele está concorrendo em quatro categorias, sendo elas: Melhor Cantor, Melhor CD (Minhas Canções), Melhor Clipe (Até Quando) e Melhor Música (Até Quando). A indicação em todas as categorias se deve há anos de serviço a Deus com excelência e amor. E a participação nas três últimas categorias deve-se – especialmente – ao CD “André Valadão Minhas Canções – R. R. Soares”, seu último álbum, gravado em 2010. O CD tem 10 canções escritas pelo missionário R. R. Soares, e composição musical em parceria com o produtor Ruben di Souza. O vídeo clipe “Até Quando” já foi visualizado mais de 737 mil vezes em seu canal no Youtube (youtube.com/turneav).
Com um tom otimista André fala sobre a importância de iniciativas como essa do Troféu Promessas: “Acho que esse projeto é uma ajuda e fortalecimento do trabalho que realizamos. Com ele a música cristã ganha unidade, reconhecimento e acima de tudo mais profissionalismo. Creio que é uma forma de incentivar e encorajar a todos a crescer e a dar o melhor para alcançar mais pessoas. Deus não ouve CD e nem vê DVD, Deus vê somente o coração, por isso creio que este prêmio será um incentivo para todos darem o seu melhor como profissionais.”
O Troféu Promessas tem o objetivo de não apenas premiar, mas também de reconhecer talentos como André Valadão e tantos outros músicos. O que muitos podem não saber ou acreditar é que uma vida de compromisso e responsabilidade com o Reino é fundamental: “Não vivo o que prego, eu prego o que vivo. A diferença está aí, só devemos falar daquilo que realmente temos autoridade para falar, pois a unção e força divina estão aliadas a verdade e sem dúvida a verdade liberta. O sucesso de um ministério ou carreira que levam Cristo é a mudança na vida das pessoas, porém, esta mudança deve sempre começar em primeiro lugar com cada um de nós.”
 E essa é uma das razões pelas quais o músico se sente honrado com esse reconhecimento: “Atualmente, a maior carência em nossa sociedade é de ‘referências’. Infelizmente, o referencial familiar ou até mesmo religioso no que se diz respeito à Verdade de Cristo tem sido muito falho e faltoso em nossa geração. Por isso, acredito fielmente que é honra, e sim muita honra, poder de alguma forma ser um ajudador daqueles que desejam conhecer mais a Jesus e à Sua Palavra.”

Com relação a ter a Rede Globo como promotora da premiação, ele afirma: “Ela é a maior televisão brasileira e está entre as cinco maiores do mundo! Reconhecer o poder da música religiosa somente respalda e agrega a esta televisão o que já é fato, e mostra mais uma vez porque a Rede Globo sempre está à frente de todos os seus concorrentes.”
Uma das promessas do Troféu é promover a interação entre o Corpo de Cristo em cada fase. Com essa mesma visão, André ainda acrescenta: “Todos nós estamos agitados nas nossas agendas e correria do dia a dia, porém, sabemos que o tempo que encontramos com nossos colegas é maravilhoso e, isso, graças ao Troféu Promessas, será feito de forma linda e respeitosa.”
Finalizando, André Valadão deixa um conselho para os iniciantes na jornada que é a música gospel. Conselho este que ele mesmo em algum momento da caminhada deve ter repetido a si mesmo para chegar no ponto que chegou e ainda continuar o caminho: “Não desista do que Deus plantou em seu coração, lute, busque e vá até o fim. E por mais que a tempestade venha, ela é passageira e em tempo oportuno a sua batalha será vencida.” E acrescenta: “Amo a todos que têm votado, acreditado e sido abençoados por meio do que Deus tem feito em minha vida. Oro sempre para ser um amigo, uma referência e um ajudador em tudo o que puder e que juntos levemos a mensagem de Jesus aos quatro cantos da Terra.”

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DN1 A Banda que está conquistando o Brasil

J.Neto grava “Eu sou esse cara”, versão gospel da música de Roberto Carlos. Ouça

Bomba: Vaza vídeo íntimo de cantor gospel se exibindo da webcam