Pastor Silas Malafaia abre o jogo sobre Igreja Universal e denuncia esquema de superfaturamento na TV Record

Pastor Silas Malafaia abre o jogo sobre Igreja Universal e denuncia esquema de superfaturamento na TV Record
Em entrevista, o Pastor Silas Malafaia abriu o jogo sobre diversos temas diferentes e deu opiniões sobre assuntos polêmicos. O líder evangélico falou um pouco sobre o dízimo rebatendo que a prática seja apenas prevista no velho testamento, afirmou que “a Bíblia só funciona se você acredita” e refutou a ligação entre ofertas e salvação.
Silas falou também da discussão que teve com o Bispo Edir Macedo, da Igreja Universal, e classificou a rusga como “normal, porque a graça de Deus é multiforme”. Malafaia revela que um dos principais motivos para a discordância com o Bispo é porque antes juntos criticavam a imoralidade na tv e hoje o líder da IURD estaria exibindo o mesmo “lixo moral” que criticava, tendo a Record sido “uma emissora comprada com ofertas e dízimos do povo de Deus”.
Silas Malafaia também diz que a Record hoje pratica concorrência deslegal ao inserir o dinheiro da igreja sem impostos na emissora através dos programas da Universal durante a madrugada: “Está superfaturado, todo mundo sabe disso”, segundo ele isso acontece porque o “dinheiro da igreja que paga o espaço na madrugada é muito maior do que vale aquela madrugada”. O Pastor fala do fato de que a Igreja Universal pagou cerca de R$40 milhões por mês apenas em 2010 a Record para ter seus programas sendo exibidos durante a madrugada, segundo as contas da própria emissora.
O pastor também falou mais uma vez sobre a PL 122, classificando-a como inconstitucional e afirmando já haver um plano para que vários pastores preguem contra a homossexualidade se o projeto for aprovado. Silas também desmente Marta Suplicy e diz que não houve demonização do projeto, “demonizaram não, é que nós pressionamos tanto que todo mundo sabe das aberrações que está lá dentro, e eles não querem”, afirma.
Quando perguntado sobre seus medos, Malafaia revela: “tenho medo de pecar, envergonhar minha família e decepcionar o povo de Deus” e afirma não ter medo de retaliações e notícias plantadas. Ele diz também que não pensa e nem tem como comprar um canal de televisão no momento e deixa claro que seu principal objetivo é expandir sua igreja no Brasil, a Vitória em Cristo. Sobre seus sonhos ele diz que gostaria de liderar a maior denominação evangélica do Brasil, estar no horário nobre da tv e ter um programa na Rede Globo, “Quem não sonha grande? Pequeno já basta eu”, diz.
Assista a entrevista na integra:
Dízimo


PL 122


Medos


Edir Macedo e denuncia contra a Record


Televisão


Sonhos


Fonte: Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bomba: Vaza vídeo íntimo de cantor gospel se exibindo da webcam

J.Neto grava “Eu sou esse cara”, versão gospel da música de Roberto Carlos. Ouça

Por onde anda?